fundo parallax
FRANTT
11 de março de 2014
Tocha Olimpica em Jahu
27 de julho de 2016
 
O que é e História do Tênis de Mesa
O Tênis de Mesa é um esporte que surgiu na Inglaterra na segunda metade do século XIX. Chegou ao Brasil na primeira década do século XX, trazido por turistas ingleses. É considerado um dos esportes mais populares do mundo.

Características do esporte: regras e equipamentos

O tênis de mesa é praticado numa mesa que possui 2,74 metros de comprimento por 1,45 metro de largura. A altura da mesa deve ficar a 76 cm de distância do solo. No meio da mesa é fixada uma rede com 1,83 metro de comprimento e 15,25 cm de altura. O objetivo do jogo é marcar pontos. Isso ocorre quando o adversário manda a bola para fora da mesa (no lado oposto ao seu) ou quando ele não alcança a bola (desde que a bola tenha batido no lado de sua mesa). A bola só pode bater uma vez de cada lado da mesa. No saque (início da jogada), a bola deve tocar uma vez em cada metade da mesa. Caso isso não ocorra, o jogador que efetuou o saque dá um ponto para o adversário. Vence o jogador que consegue ganhar 3 sets (nas partida de 5 sets) ou 4 (nas partidas de 7 sets). Cada set é composto por 11 pontos. Quando há empate em 10 pontos, vence quem colocar dois pontos de vantagem sobre o adversário.
Além da mesa e da rede, os outros equipamemtos necessários para a prática deste esporte são a bola e as raquetes. A bola é feita de celulóide ou material plástico similar e deve ter 40 mm de diâmetro. A raquete é feita de 85% de madeira, não havendo limite para tamanho da mesma. A parte da raquete que bate na bola é coberta por borracha.
Os jogos de tênis de mesa podem ser disputados um contra um (individuais) ou dupla contra dupla.
Federações e Confederações
- Os eventos e competições internacionais são realizados pela ITTF (International Tennis Table Federation).
- Os campeonatos e eventos brasileiros são organizados pela CBTM (Confederação Brasileira de Tênis de Mesa).
Curiosidades do esporte:
- O primeiro campeonato mundial de tênis de mesa ocorreu em 1927, na cidade de Londres (Inglaterra).
- O tênis de mesa tornou-se um esporte olímpico somente em 1988, nas Olimpíadas de Seul (Coreia do Sul).
- O jogador Hugo Hoyama é o destaque do tênis de mesa brasileiro na atualidade. Ele ganhou várias medalhas em campeonatos mundiais, pan-americanos (recordista brasileiro) e Jogos Olímpicos. Porém, nas Olimpíadas de Londres 2012 (6ª edição que participou), o experiente mesa-tenista brasileiro foi eliminado ao perder na estreia para o polonês Zengyi Wang.
- O último Campeonato Mundial de Tênis de Mesa (individual) ocorreu em abril de 2015, na cidade de Suzhou (China). O título ficou com o número um do ranking mundial, o chinês Ma Long.
O Tênis de Mesa nas Olimpíadas
- A China é a grande potência olímpica da atualidade no tênis de mesa. Nas Olimpíadas de Londres (2012), os atletas chineses ganharam todas as medalhas de ouro disputas no esporte. No esporte, a China possui 24 medalhas de ouro conquistadas em Jogos Olímpicos.
- Nos Jogos Olímpicos são disputadas provas simples (masculina e feminina) e equipes (masculina e feminina).

Seguindo a linha apoiando o Tênis de Mesa Paralímpico


„No Brasil, os iniciantes da prática do esporte eram turistas ingleses que, por volta de 1905, começaram a implantá-lo no país. No ano de 1912 foi disputado o primeiro campeonato por equipes na cidade de São Paulo, sagrando-se vencedor o Vitória Ideal Clube. Até então, o tênis de mesa era praticado somente em casas particulares e em clubes.”

Daniela Bassi é um bom exemplo de dedicação e amor ao tênis de mesa, incentivando a prática esportiva em todas as idades. Em cada uma das etapas da Liga Paulista, Daniela participa com mesatenistas dos seis anos ao master, além de portadores de deficiência física. Um dos orgulhos da jovem técnica é o mesatenista Pedro Bauab, de seis anos, que na última etapa fez sua estréia no circuito da Liga Paulista. “Este é o lugar ideal para a vivência esportiva, a valorização dos atletas em todas as idades e o lugar ideal para que os jovens mesatenistas possam conhecer o seu potencial e aprender a lidar com as dificuldades na modalidade.” Distante da Liga Paulista por dois anos (2013 e 2014), a equipe de Jaú retorna com força total e já figura na quarta colocação do campeonato com 4.135 pontos. “É a maior Liga de Tênis de Mesa do Estado de São Paulo. É por esta razão que lutei para voltar a competir depois de dois anos afastada por falta de apoio financeiro.”

 

Não basta muito para atingirmos o sucesso, mas basta ser humano suficiente para reconhecermos que honestidade construímos através dos esforços que impomos, e pensar, que só conquistamos objetivos quando nós acreditamos que somos potencializados para todo e qualquer tipo de desafio. Entretanto, o bom e excêntrico profissional, não tem pressa, pois constrói o seu espaço por mera conduta e amor no que faz e se completa quando as pessoas vibram e acredita no seu trabalho e no seu profissionalismo.

Paulo Salmin, Aluno Guerreiro, Campeão. Sempre acreditamos

Dani Bassi, amante incondicional do Tênis de Mesa, Técnica, Amiga, Batalhadora


 

O reconhecimento do Tênis de Mesa como canal de socialização positiva ou inclusão social, é revelado pelo crescente número de projetos esportivos destinados aos jovens das classes populares, financiados ou não por instituições governamentais e privadas. Na literatura em educação física, esportes e lazer, sociologia e em outras áreas, são apresentadas indicações dos benefícios proporcionados pela prática regular de esportes, na formação moral ou da personalidade dos seus praticantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *